/ Notícias

13 de maio de 2024

CRP-13 participa de ação que discute saúde mental de mulheres lésbicas, bi e trans.

Nesta última sexta-feira (10), a Comissão de Gênero e Diversidade Sexual do CRP-13 participou de uma roda de conversa promovida pelo grupo Maria Quitéria, composto por mulheres lésbicas e bissexuais, no Espaço da Mulher Paula Adissi. O objetivo do diálogo foi discutir sobre a saúde mental das mulheres lésbicas, bissexuais e trans, em referência ao Dia Internacional de Combate à Homofobia, celebrado em 17 de maio.
O debate reuniu diversos atores sociais relevantes para enfrentar a LGBTfobia social e internalizada, que impactam a saúde integral dessa população. Na ocasião, o membro representante da comissão, Ricardo Alecsander, reforçou a importância das Resoluções N° 01/1999, N° 01/2018 e N°08/2022, que orientam o fazer Psi frente às identidades trans e orientações não monossexuais, reconhecendo-as como expressões legítimas do ser e do amar humano.
O Conselho Regional de Psicologia reafirma o compromisso da Psicologia, enquanto ciência e profissão, em promover uma visão afirmativa e inclusiva em relação às múltiplas mulheridades que compõem nossa sociedade, respeitando suas particularidades. A entidade destaca ainda que a Psicologia desempenha um papel crucial na defesa dos direitos humanos e na promoção da saúde mental e bem-estar das pessoas lésbicas, bissexuais e trans, além disso, inteiramos nosso compromisso ético, político e institucional para enfrentar a LGBTfobia, em parceria com a comunidade LGBTQIA+ e demais atores sociais para promover a diversidade e garantir o pleno reconhecimento e respeito das identidades de gênero e orientações sexuais não normativas em nossa sociedade.